Pesquisar neste blog

Carregando...

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Riscos Mecânicos

São os riscos gerados pelos agentes que precisam de contato físico direto com a vítima para manifestar a sua nocividade, estando associados com o conceito de Energia Potencial, Energia Cinética e os Choques Elásticos e Não-Elásticos da Física Mecânica (vista normalmente na primeira série do segundo grau).


Por exemplo, a existência de um estilete no escritório, para ser usada em atividades como apontar lápis ou cortar papéis, introduz no ambiente de trabalho um risco mecânico.

Afinal, ao se utilizar tal instrumento há o risco de que o fio da lâmina entre em contato com alguma parte do corpo (dedo, por exemplo), podendo assim provocar cortes. Desta forma o uso da lâmina é a fonte geradora e o corte é o agente do risco. Não precisam de meio de propagação e ocasionam lesões agudas e imediatas.
São também rotulados como riscos mecânicos os provocados, por exemplo, por buracos no piso. A rigor, o contato com o buracao no piso não provoca nenhuma lesão. No entanto, ele pode provocar uma queda (esta sim geradora de lesão).

Assim, as irregularidades no piso e os obstáculos nas vias de circulação são considerados como geradores de riscos mecânicos. E a queda seria o agente do risco mecânico. O mesmo se dá com os elementos que introduzem probabilidades de incêndio ou deslizamento no local de trabalho.
Agentes de Riscos Mecânicos
  • Agarramento, arrastamento e aprisionamento;
  • Corte, corte por cisalhamento;
  • Golpe ou decepamento;
  • Esmagamento;
  • Choque ou impacto;
  • Abrasão ou fricção;
  • Ejecção de fluidos e elevada pressão;
  • Projeção de objetos;
  • Perda de estabilidade;
  • Perfuração, picadela;
  • Quedas da própria altura;
  • Quedas com diferença de nível;
  • Precipitação de objetos;
  • Choques elétricos e queimaduras;
  • etc.
Fontes de Riscos Mecânicos
  • prensas mecânicas;
  • serras;
  • guilhotinas, tornos, prensas, tesouras mecânicas;
  • superfícies escorregadias;
  • superfícies com diferença acentuada de nível;
  • materiais aquecidos;
  • materiais perfuro-cortantes;
  • materiais ou sistemas energizados;
  • partes móveis de máquinas;
  • arranjo físico inadequado;
  • iluminação inadequada;
  • incêndio;
  • explosão;
  • máquinas e equipamentos sem proteção;
  • animais peçonhentos.
  • etc.
Danos à Saúde
  • cortes;
  • queimaduras;
  • contusões;
  • morte;
  • etc.
Alguns teimam, erroneamente, em denominar os riscos mecânicos de riscos de acidentes.

Trata-se de gravíssimo erro conceitual, visto que acidente é o dano e não tipo de risco.
Mordedura de animais além do Risco Mecânico (lesões diretas ao sistema esquelético, muscular, revestimento, etc.) também pode constituir Risco Biológico (animais peçonhentos e transmissores de doenças pela mordedura, como raiva, etc.).


Nota do Autor: Artigo de caráter didático e facilitador, não devendo ser usado como única fonte de pesquisa